Rio Pipeline 2019 termina com sucesso e mostra o aquecimento do setor de dutos

No estande 67, apresentamos os principais serviços prestados pela EGD ENGENHARIA, além de novas tecnologias em revestimentos anticorrosivos externos para dutos, equipamentos para inspeções, monitoração remota, software integrado de gerenciamento da integridade de dutos, fitas para prevenção de danos na escavação e marco de sinalização produzido com placas ecológicas.

Após três dias de debates, exposições e intensa troca de experiências, a Rio Pipeline 2019 termina deixando a certeza entre atores do setor que a edição ficará marcada pelo otimismo e expectativas que predominaram durante toda a programação.

Os números do evento também impressionaram. Foram ao todo 50 expositores, 18 patrocinadores, 1400 congressistas, 3800 visitantes, entre eles 240 visitantes internacionais de 22 países. A diversidade de temas abordados também foi um diferencial desta edição e pode ser ilustrada pelos números de trabalhos apresentados: foram 110 palestrantes, 270 trabalhos técnicos oriundos de 14 países.

A Rio Pipeline trouxe ainda dois estudos, realizados pelo IBP e pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética), promissores para o setor, indicando a necessidade de investimentos de cerca de R$ 88 bilhões em logística e produção de combustível, com destaque para etanol e biodiesel; e de R$ 17 bilhões para construção e ampliação da malha de gasodutos com objetivo de interligar polos de oferta de gás à malha já existente.

A Rio Pipeline 2019 é organizada pelo IBP, com patrocínio da Petrobras, Transpetro, Rosen, Aveva, Comgás, Engie, Intero, NTS, Prumo Logística, TBG, TechnipFMC, Tenaris, Trapil, Emerson, Plural + Combustível Legal, Worley, OptaSense e Signaltape.

Fonte: IBP – Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis